sábado, julho 20, 2024
InícioLITORALPARANAGUÁParanaguá Saneamento recebe Licença Ambiental Prévia para o sistema de coleta e...

Paranaguá Saneamento recebe Licença Ambiental Prévia para o sistema de coleta e tratamento de esgoto na Ilha do Mel

O projeto de esgotamento sanitário na Ilha do Mel terá investimentos de R$ 33 milhões por parte da Paranaguá Saneamento, responsável pelo esgotamento de efluentes na localidade, e deverá passar por mais duas fases de licenciamento para que as obras possam ser iniciadas.

A Paranaguá Saneamento, empresa do grupo Iguá, recebeu neste sábado, 22 de junho, a Licença Ambiental Prévia para implementação do sistema de esgotamento sanitário na Ilha do Mel. A solenidade aconteceu no trapiche de Nova Brasília e contou com a presença do Governador do Estado do Paraná, Ratinho Júnior, do Prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque, do Diretor presidente do Instituto Água e Terra, José Luiz Scroccaro, do secretário estadual do Turismo, Marcio Nunes; do superintendente da Casa Civil, Renato Adur (Relações Institucionais), do Diretor Executivo de Operações da Iguá, Péricles Weber, do Diretor Geral da concessionária, Wagner Souza Júnior, do Diretor Operacional, Eric Maffazzioli, demais autoridades, lideranças, comunidade local e imprensa.
O processo de licenciamento tem mais duas fases e o próximo passo, após o cumprimento das condicionantes, é a expedição da Licença de Instalação (LI), documento que autoriza o início das obras. Serão investidos pela companhia R$ 33 milhões em obras de saneamento que contemplam redes coletoras, estações elevatórias e as Estações de Tratamento de Esgoto.

“Temos como objetivo o cumprimento das condicionantes o mais breve possível para que seja possível iniciar o processo de obras de implantação. O investimento em saneamento irá melhorar as condições de balneabilidade na Ilha, além de levar mais saúde e qualidade de vida para a população e reforçar nosso compromisso com a sustentabilidade, que está entre os pilares da Iguá,”, disse o diretor geral da Paranaguá Saneamento, Wagner Souza.
Péricles Weber, Diretor Executivo de Operações do Grupo Iguá, ressaltou a importância em continuar investindo em saneamento na Ilha do Mel e relembrou que o primeiro passo já foi dado com a solução das questões de abastecimento de água. “Depois de ter resolvido o problema de falta d’água na Ilha, que era uma reivindicação antiga, a Iguá agora direciona suas ações para resolver a questão da coleta e tratamento de esgoto. Esta obra não apenas eliminará a poluição hídrica e potencializará o turismo, como, principalmente, melhorará a qualidade de vida da população nativa”, afirmou Weber.

O cuidado com a sustentabilidade, conservação dos recursos naturais e a preocupação em minimizar os impactos das obras para a população, comerciantes e turistas esteve presente nas falas de todas as autoridades presentes, reforçando o sincronismo entre os presentes para que, assim que todas as licenças forem recebidas e as obras iniciarem, tudo seja realizado de forma sustentável e respeitando o meio ambiente.
“Hoje é um dia histórico para a Ilha do Mel e para o Litoral do Estado como um todo. Nós estamos dando a licença para as obras de saneamento básico da Ilha. Vamos transformá-la na ilha mais sustentável do Brasil, com saneamento básico, qualidade de vida para a população e para os turistas que já vêm visitar a nossa Ilha do Mel e deixar o seu recurso nos restaurantes e pousadas”, destacou Ratinho Junior.
As autoridades presentes exaltaram a importância do saneamento básico para a redução da poluição, valorização do turismo e, o mais importante, a qualidade de vida para a população que mora na Ilha do Mel.
“Ter saneamento é ter saúde, traz mais turistas para a Ilha do Mel e é essa visão que foi expandida ao longo do tempo. A concessionária tem os recursos, está no contrato, e hoje chegamos nesse dia tão importante para os nativos. Os moradores merecem essa infraestrutura, essa qualidade de vida”, reforçou o prefeito de Paranaguá, Marcelo Roque.
Somente após o recebimento da Licença de Instalação (LI), quando o cumprimento das condicionantes da Licença Prévia (LP) for validado pelo IAT, a primeira fase da execuçãodo novo Sistema se iniciará pela praia de Nova Brasília. Serão instalados no local cinco quilômetros de extensão de rede, elevatórias e a estação de tratamento de efluentes do modelo Reator Biológico de Leito Móvel.
A etapa seguinte será executada na Praia de Encantadas, também com a implantação de cinco quilômetros de extensão de rede, elevatórias e a estação de tratamento de efluentes do Modelo Reator Biológico de Leito Móvel. Já as casas mais afastadas serão atendidas individualmente ou agrupadas em sistemas específicos. No total, os sistemas de esgotamento sanitário beneficiarão aproximadamente 12 mil pessoas, entre população nativa e turistas.

De acordo com o secretário de Estado do Desenvolvimento Sustentável, Everton Souza, a Ilha do Mel é um grande destino e recebe turistas do mundo inteiro. “Esse é um destino fantástico, com belezas naturais, uma água maravilhosa. Nós temos que qualificar cada vez mais esse destino para que ele possa realmente trazer as pessoas e elas se sentirem ainda melhor aqui”, afirmou.
O diretor-presidente do IAT, José Luiz Scroccaro, destacou que o órgão ambiental busca melhorar a condição de vida dos moradores da Ilha do Mel, com foco em ações de sustentabilidade que possam ajudar no desenvolvimento da região.

“Queremos transformar o Litoral do Paraná. Isso está acontecendo hoje. É um orgulho, uma satisfação poder fazer com que a Ilha tenha um saneamento básico estruturado”, disse. “Isso significa uma ação de toda a equipe para que possamos transformar o Litoral e a Ilha do Mel num local ainda melhor para os turistas que vêm e para os paranaenses que aqui vivem”, explicou Scroccaro.

ULTIMAS NOTICIAS
- Advertisment -