domingo, março 3, 2024
InícioUncategorizedParaná tem 94% das praias próprias para banho

Paraná tem 94% das praias próprias para banho

O segundo boletim de balneabilidade do Paraná, divulgado nesta quinta-feira (28) pelo Instituto Água e Terra (IAT), mostrou que 94% das praias do Estado estão próprias para banho. Dos 66 pontos monitorados pelo órgão ambiental, 62 foram considerados adequados – 45 no Litoral e outros 17 (100%) nas chamadas prainhas de água doce, nas regiões Oeste e Norte.

Os quatro locais impróprios ficam à direita do trapiche de Encantadas, na Ilha do Mel, em Paranaguá; na Avenida Principal do Balneário Olho D’Água, em Pontal do Paraná; na altura da Rua Alois Cicatka, em Guaratuba; e na Ponta da Pita, em Antonina.

A qualidade da água paranaense revelada pelo boletim chama a atenção em um momento em que outros estados convivem com aumento nos locais impróprios para banho. Em Santa Catarina, por exemplo, cerca de 33% dos pontos monitorados receberam a bandeira vermelha, de água inadequada para uso da população, de acordo com o Instituto do Meio Ambiente (IMA), órgão vinculado ao governo catarinense. Em Balneário Camboriú, no Vale do Itajaí, apenas quatro dos 15 pontos monitorados são considerados próprios. Em Itapema, na mesma região, são cinco pontos próprios e quatro impróprios. Já na capital Florianópolis, 24 locais estão sob bandeira vermelha.

Normalmente, nesses casos, a ampliação da faixa de praia sem condições para banho vem acompanhada de relatos de problemas de saúde, como casos de diarreia e doenças de pele.

“O Governo do Paraná se preocupa com o bem-estar das pessoas, com uma vasta programação durante a temporada do Verão Maior, mas também preza pela saúde das pessoas. Trabalhamos muito em medidas de saneamento para que os turistas encontrem uma praia em condições para o lazer. A busca é por ter um Paraná com 100% de praias próprias para banho”, destaca o diretor-presidente do IAT, Everton Souza.

Ele lembra também que a construção de estruturas marítimas em Matinhos, dentro do pacote de revitalização da orla, impactou positivamente na qualidade da água no Litoral. Estudo preliminar de balneabilidade feito pelo IAT (https://www.aen.pr.gov.br/Noticia/Nova-orla-estruturas-maritimas-melhoram-qualidade-da-agua-em-Matinhos) na região de impacto em que foram construídos dois guias-correntes, dois headlands e um espigão revelou que os quatro pontos de monitoramento que até a temporada passada eram considerados impróprios para banho receberam, agora, a bandeira azul. Ou seja, passaram a ser aptos para receber banhistas.

Fonte AEN

ULTIMAS NOTICIAS
- Advertisment -
/>