quinta-feira, fevereiro 22, 2024
InícioLITORALPARANAGUÁFarmácia Ivo Petry contará com novo espaço reformado e amplo para atender...

Farmácia Ivo Petry contará com novo espaço reformado e amplo para atender a população 24h

A farmácia municipal Ivo Petry Maciel estará em um novo espaço mais amplo, renovado e com atendimento 24 horas, inclusive aos finais de semana e feriados. A localização escolhida estrategicamente é ao lado da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). A entrega da obra ocorrerá na quinta-feira, 18, às 11h30.

Com investimento de aproximadamente R$ 630 mil com recursos do Município, o novo espaço da Farmácia Municipal Ivo Petry, foi projetado no prédio da antiga unidade de saúde Dona Baduca, ao lado da UPA. A área ocupada pela farmácia será de aproximadamente 400m² e contará com 11 guichês de atendimento ao público, recepção e espera climatizados para até 100 pessoas, com sanitários públicos masculino e feminino adaptados também para pessoas como Necessidades Especiais. (PNE).

“A nova farmácia está localizada em um ponto estratégico para atender a população. Ao lado da UPA e com atendimento ininterrupto, o paciente que necessitar de medicamentos após o atendimento, poderá procurar a farmácia, bem ao lado da Unidade de pronto atendimento. Esse era mais um pedido da população e que está sendo atendido”, destaca o prefeito Marcelo Roque.

O setor interno da farmácia contará com ambientes exclusivos para o estoque geral, estoque de produtos paletizados, estoque de insulina e medicamentos controlados devidamente acondicionados e seguros. Terá ainda a sala de atendimento farmacêutico, sanitários e vestiários dos funcionários, contando com um sanitário com chuveiro, copa e depósito de material de limpeza.

A secretária de Governo e diretoria interina da Fundação de Assistência à Saúde de Paranaguá (Fasp), Luciana Costa ressalta que a obra foi conquistada com recursos próprios do Município. “O novo espaço, beneficiará a população com uma localização privilegiada, próxima à UPA, com a dispensação de medicamentos gratuitos, é mais amplo, tem capacidade para atender a demanda diária com conforto aos que buscam o serviço, com uma estrutura apropriada para o armazenamento de medicamentos e de espera”, saliente Luciana Costa.

O aceso dos medicamentos terá entrada exclusiva para carga e descarga, com setor de recepção e conferência dos materiais. A adequação do prédio procurou aproveitar a edificação existente, no entanto todo o telhado e os forros foram trocados, executados novos sanitários, realizada adequação das paredes, troca das esquadrias externas, troca das portas internas e externas em alumínio que é mais resistente e durável, bem como foram restauradas e reestruturadas as instalações existentes. Ainda, foram trocadas as instalações elétricas, hidráulicas, rede lógica e climatização.

MUDANÇA
Todos os preparos estão ocorrendo para a inauguração na quinta-feira, 18. Para que haja a mudança de local com medicamentos e equipamentos, a atual Farmácia Ivo Petry precisará ficar fechada nos dias 16 e 17. “Os pacientes poderão buscar seus medicamentos com a receita médica, na Farmácia Juquinha, anexo ao Centro de Diagnóstico João Paulo II, na Ilha dos Valadares e em Alexandra. Nesses dois dias, psicotrópicos e insulinas poderão ser retirados na Farmácia Juquinha”, informa a secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro.

MEDICAMENTOS AO ALCANCE DA POPULAÇÃO
Para a dispensação de medicamentos, o paciente realiza a consulta médica em uma unidade pública de saúde. Com a receita médica em mãos e com documentos do paciente, basta se dirigir a uma das quatro farmácias. A receita precisa ser prescrita pelo médico que preste atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A Assistência Farmacêutica tem como objetivo garantir o acesso da população aos medicamentos e promover o seu uso racional. Para tanto, uma estratégia fundamental é a adoção da Relação Municipal de Medicamentos (Remume) preconizada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) desde 1977. A seleção desses medicamentos baseia-se nas prioridades de saúde do Município, em critérios epidemiológicos, bem como na segurança, na eficácia terapêutica comprovada, na qualidade, na disponibilidade dos produtos e tem como base os medicamentos constantes na Relação Nacional de Medicamentos Essenciais.

ULTIMAS NOTICIAS
- Advertisment - />