Prova de concurso da Polícia Civil do PR com 106 mil candidatos é suspensa por risco à saúde; prova estava marcada para este domingo (21)

0
253

Please enter banners and links.

Comunicado, publicado na madrugada deste domingo, alega falta de requisitos de segurança em locais de prova. Governador do Paraná classificou decisão como ‘inaceitável’ e ‘desrespeito’ e afirmou que culpados serão responsabilizados. Governo estadual disse que abrirá processo administrativo contra núcleo responsável pelo concurso.

A organização do concurso público da Polícia Civil do Paraná suspendeu a realização da prova prevista para acontecer neste domingo (21). O processo seletivo abriu 400 vagas para delegados, investigadores e papiloscopistas.

 A publicação do adiamento foi feita às 5h42 deste domingo.

Nas redes sociais, o governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), afirmou que a decisão é “inaceitável” e que o governo estadual “não compactua com esse desrespeito”.

O governador disse ainda que foi cobrado o esclarecimento dos fatos e que “os culpados serão responsabilizados”.

Por meio de nota, o governo estadual afirmou que abrirá processo administrativo contra o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (NC-UFPR) “por quebra de contrato”. Veja posicionamento completo do governo e da Polícia Civil abaixo.

Segundo governo, decisão foi unilateral e sem qualquer notificação anterior.

Decisão

Conforme documento, a organização alegou que durante “a última checagem realizada na madrugada” foi constatado que não havia condições de segurança indispensáveis para a realização da prova em todos os locais de Curitiba e Região Metropolitana. Veja o comunicado na imagem abaixo.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, ainda de acordo com o texto, tais condições poderiam “colocar em risco a integridade das avaliações e o tratamento isonômico dos candidatos”.

  • Confira a íntegra do comunicado
  • Segundo a organização, a prova aconteceria em 350 locais em Curitiba e 19 em outras cidades do estado para cerca de 106 mil candidatos.

Fonte G1 PR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here