Covid-19: Festa da virada não deve ocorrer nos municípios do litoral do Estado

0
1118
PRAIA CAIOBÁ-PR - PARANÁ - CAIOBÁ-PR 01 DE JANEIRO DE 2008, QUEIMA DE FOGOS DE ARTIFÍCIOS NA FESTA DE REVEILLON 2007/2008 - FOTO: GIULIANO GOMES/GAZETA DO POVO

Please enter banners and links.

A tradicional festa da virada, com queima de fogos e trios-elétricos, não deve acontecer neste fim de ano, nos municípios do litoral do Paraná. Uma reunião entre os prefeitos das cidades e a Secretaria de Estado da Saúde marcada para esta sexta-feira (04/12), deve definir um protocolo único de restrições de combate à pandemia da Covid-19, em todo o Litoral.

As medidas estão sendo planejadas em conjunto há algumas semanas e tem têm como objetivo evitar a propagação do vírus, durante as festas de fim de ano, quando há o aumento no número de turistas na região.

O prefeito de Guaratuba Roberto Justus (DEM), diz ser um consenso entre os representantes dos municípios da região, a necessidade de suspender grandes eventos como as festas de fim de ano. As celebrações do Carnaval em 2021 também não devem ocorrer.

“Isso já está definido, não vai ter festa de réveillon, não vamos ter festa de Carnaval, aniversário de cidades…os municípios vão fazer sua parte de não fazer grandes eventos que geram aglomeração.”

Atualmente, os municípios do litoral têm sua própria legislação, com medidas de restrição de combate à pandemia. Essa variedade de regras em cidades muito próximas pode gerar confusão aos veranistas que frequentam a região, por isso os representantes dos municípios litorâneos defendem um decreto único do Governo do Estado, para todas as cidades. Mas o fechamento total dos municípios, com um eventual lockdown, está descartado, segundo Justus.

“Não há intenção de se fazer lockdown, de se fazer o fechamento do comércio, das atividades empresariais. O que há é a necessidade de se definir normas de prevenção e que façam valer para toda região.”

O prefeito diz que com o aumento de casos na região leste do Paraná, onde está localizado o litoral paranaense, o aumento da presença dos veranistas preocupa, mas não da mesma forma como no início da pandemia. Eventual decreto com novas regras de restrição para o litoral do Estado, deve ser divulgado nesta sexta-feira (04/12).

Fonte Band  News  Curitiba

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here