Um sonho realizado: Paranaguá agora tem unidade avançada do Hospital Erasto Gaertner

0
193

Please enter banners and links.

Agora é oficial. Pacientes em tratamento contra o câncer tem uma opção em Paranaguá para realizar quimioterapia, curativos, consultas médicas, acompanhamento e alguns procedimentos. Foi inaugurada na manhã desta segunda-feira (27) a Unidade Avançada de Serviço Oncológico do Hospital Erasto Gaertner, localizada na rua João Eugênio, na região central da cidade.

A cerimônia foi marcada por momentos de bastante emoção. O prédio recebe o nome de Marcos Vinícius dos Santos Costa, jovem parnanguara que lutou contra a leucemia e faleceu recentemente. Familiares acompanharam a solenidade. Várias autoridades testemunharam o momento histórico para a saúde de Paranaguá, o prefeito Marcelo Roque, a primeira-dama, Amanda Roque, o secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, senador Flávio Arns, o presidente do Tribunal de Contas do Paraná, Nestor Baptista, os deputados estaduais Alexandre Cury e Michele Caputo, prefeitos do litoral, vereadores, membros do hospital, além de lideranças comunitárias e sindicais, servidores municipais e populares. Também estavam presentes o bispo diocesano de Pananaguá, Dom Edmar Peron, e o pastor Reginaldo, da Assembléia de Deus.

“É um dia histórico para Paranaguá. Se nossa administração terminasse hoje estaria satisfeito com o trabalho que fizemos em prol de nossa população. Esta unidade vai mudar a vida de muitas pessoas que estão na luta contra o câncer e seus familiares”, declarou o prefeito Marcelo Roque, bastante emocionado com a conquista. “Quem já teve o caso de um parente com essa doença sabe como é sofrido fazer o tratamento em Curitiba”, completou o prefeito.

O secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, destacou que a Prefeitura de Paranaguá “foi muito capaz em conseguir realizar o projeto para que o Hospital Erasto Gaertner possa entrar e fazer seu trabalho”. Ele garantiu que o Governo do Estado será parceiro liberando recursos para funcionamento da unidade. “A partir do início dos trabalhos vamos estar presentes também, fomentando, induzindo, incentivando para que o trabalho possa acontecer. Temos um programa estadual de combate ao câncer, com atendimento de oncologia, e obviamente que Paranaguá vai entrar neste programa”, explicou o secretário.

O superintendente do Hospital Erasto Gaertner, Adriano Lago, afirmou que o projeto é descentralizar o atendimento e que Paranaguá, oferecendo ao paciente o máximo de conforto, “ao lado de seus familiares e perto de casa”. “Combater o câncer com humanismo, ciência e afeto é a nossa missão. Erasto mais perto de você é o nosso projeto. Por isso que a gente deseja que o paciente se sinto o mais confortável possível e ao final do tratamento a gente tenha melhores resultados em saúde, com melhor adesão”, declarou o dirigente, que informou que o atendimento aos pacientes deve iniciar na segunda semana de fevereiro.

O senador Flávio Arns avalia como positiva a parceria da Prefeitura de Paranaguá com o Hospital Erasto Gaertner. Destacou que são investimentos importantes para diminuir a dor das pessoas que lutam contra o câncer. “É muito importante porque ter uma unidade é excelente, evita o deslocamento (a Curitiba e municípios da região metropolitana), dá mais tranquilidade ao paciente. Paranaguá está de parabéns por essa conquista”, declarou o senador.

O deputado estadual Michele Caputo fez histórico da iniciativa que hoje resulta na inauguração. Lembrou que em 2017, quando estava respondendo pela Secretaria de Estado da Saúde, recebeu o prefeito Marcelo Roque e sua equipe em seu gabinete para discutir os primeiros passos que deveriam ser tomados para que o projeto vingasse. “Estamos muito felizes em ter feito parte dessa história de sucesso, que culmina com a entrega desta unidade hoje. Representa um feito enorme para a saúde de Paranaguá”, completou.

Para Waldir Leite, a unidade avançada “é mais um equipamento importante para que as pessoas que fazem o tratamento de câncer em Paranaguá e que fazem tratamento em Curitiba”. “Será muito mais cômodo e confortável. É isso que desejamos para todas as pessoas que têm câncer, que tenham o melhor tratamento e possam se curar”, afirmou o presidente da Câmara Municipal, que afirmou que a entidade foi parceira da Prefeitura do projeto da unidade avançada, com voto favorável de todos os 19 vereadores.

A secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro, agradeceu o empenho da equipe não só da pasta, mas de toda a Prefeitura de Paranaguá, para que tudo desse certo e a unidade fosse entregue à população nesta segunda-feira. “Tenho muito a agradecer a todas as equipes, da Secretaria de Saúde e de outras pastas, que se empenharam bastante para que hoje possamos entregar essa unidade. Isso representa um marco para nossa saúde e nos orgulhamos muito por essa conquista”, declarou a secretária.

Salas da unidade avançada receberam nomes de parnanguaras que lutaram contra a doença, como Máximo Ramos Campos, Edna Maria Garcia Domingues, Youssef dos Santos e Fátima Emídio da Silva.

HISTÓRICO

O projeto para instalação da unidade avançada do Hospital Erasto Gaertner em Paranaguá começou a ser discutido em 2017. O prefeito Marcelo Roque determinou que todos os esforços fossem concentrados para que o projeto se tornasse realidade, já que, segundo ele, a maioria da população definiu a iniciativa como “um sonho”.

Houve início da discussão dos termos diretamente com a direção do hospital. Uma comitiva avaliou o melhor local para instalação, sendo definido o prédio anexo à Secretaria Municipal de Saúde, que abrigaria inicialmente uma unidade básica de saúde para atender a população da região central.

Devido à localização estratégica do prédio escolhido verificou-se com a equipe técnica da área de Arquitetura do hospital que seriam necessárias adequações estruturais. A Secretaria Municipal de Saúde então iniciou um trabalho em conjunto com técnicos do próprio hospital para fazer licitação e contratar empresa para fazer as adequações. Em paralelo também começou a ser realizada compra dos equipamentos para o funcionamento do prédio, também com apoio da equipe técnica do Erasto Gaertner.

Foram mais de dois anos de bastante trabalho conjunto para que tudo desse certo e a unidade fosse entregue nesta segunda-feira. “Não ter que enfrentar ônibus e longos filas de espera faz toda a diferença para o tratamento. É um ganho absoluto para o paciente”, avalia o médico oncologista Gustavo Vasili.

O espaço tem capacidade para realizar primeiras avaliações de pacientes, aplicação de quimioterapias, acompanhamentos de rotina, que incluem consultas médicas com especialistas em oncologia, além de pequenos procedimentos e ainda curativos.

Pacientes com casos mais complexos que ainda precisarem se deslocar para Curitiba continuarão com estrutura da equipe do Departamento de Transporte da Secretaria Municipal de Saúde, que leva os pacientes em vans e micro-ônibus a Curitiba e municípios da região metropolitana. Eles recebem toda a atenção necessária e há entrega de kit lanche a eles e seus acompanhantes, iniciativa implementada no ano passado e que é bastante elogiada, já que muitas pessoas viajavam sem condições financeiras de se alimentar.

src="https://miroferraznews.com.br/wp-content/uploads/2020/01/81000116_2497014167014035_7417174607683125248_o.jpg" alt="" width="1511" height="908" />

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here