Justiça determina prisão imediata de ex-deputado Carli Filho

0
997

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná, por meio da 2ª Vara Plenário do Tribunal do Júri de Curitiba, mandou prender Luiz Fernando Ribas Carli Filho.

O ex-deputado estadual condenado por duplo homicídio – com dolo eventual, quando se assume o risco de matar – teve a prisão preventiva decretada na sexta-feira (24). Ele deve cumprir a pena de sete anos, quatro meses e 20 dias em regime semiaberto.

Carli Filho foi condenado pelas mortes de Gilmar Rafael Souza Yared e Carlos Murilo de Almeida. O ex-deputado dirigia em alta velocidade, com a carteira de habilitação suspensa, sob o efeito de álcool, quando bateu no veículo das vítimas, na madrugada de 7 de maio de 2009.

Carli Filho foi a Júri Popular em fevereiro de 2018 e foi condenado a nove anos e quatro meses de prisão. A defesa do ex-deputado entrou com um recurso e conseguiu reduzir a pena para sete anos, quatro meses e 20 dias, o que permitiu que ele pudesse cumprir a condenação desde o início em regime semiaberto.

Em nota, o advogado da família de Gilmar Rafael Souza Yared, Elias Mattar Assad, que é assistente de acusação, afirmou que “a pena imposta nada mais é que um mal justo, por um mal injusto”. A família Yared agora aguarda a sentença da ação indenizatória.

Confira a nota na íntegra:

“Na condição de Assistente da Acusação, pela família Yared, esclarecemos que o rumoroso processo chega ao final, com reconhecimento da tese de duplo homicídio com dolo eventual, na condução de veículo, sustentada desde o início por nós, que trabalhamos na acusação. É chegado o momento do cumprimento da pena e foi expedido o mandado de prisão.

A prisão e restrições da liberdade, bem como a forma de regime de cumprimento de pena, serão tratados pelo Juízo da Execução Penal. Que se cumpra a lei. A pena imposta nada mais é que um mal justo, por um mal injusto.

Agora a família Yared aguarda a sentença da ação indenizatória.”

O acidente

A situação aconteceu na Avenida Monsenhor Ivo Zanlorenzi com a rua Paulo Gorski, no bairro Mossunguê, em Curitiba. O carro que o então deputado estadual conduzia, um Volkswagen Passat blindado, atingiu o Honda Fit que era conduzido por Gilmar Rafael Yared, 26 anos, que tinha Carlos Murilo de Almeida, 20 anos, como passageiro. Os dois morreram na hora. Carli Filho ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital Evangélico em estado grave.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here