Vacinação contra gripe começa na quarta-feira e terá duas fases

0
123

Aplicação vai de 10 de abril a 31 de maio. Todas as unidades de saúde terão doses, que serão feitas também no horário estendido.

A vacinação contra a gripe começará em Paranaguá na próxima quarta-feira (10) e seguirá até 31 de maio. A novidade em 2019 é que ela será em duas fases. A primeira vai até 18 de abril. A segunda ocorrerá do dia 22 deste mês até 31 de maio. Todas as unidades básicas de saúde terão doses disponíveis, incluindo as sete que funcionam com horário estendido (Alexandra, Vila Garcia, Divinéia, Jardim Iguaçu, Serraria do Rocha, Gabriel de Lara e Ilha dos Valadares – Rodrigo Gomes).

A campanha nacional de vacinação contra a gripe foi antecipada em 15 dias. Podem ser vacinadas pessoas nesta primeira etapa, crianças com idade entre 1 e 5 anos, 11 meses e 29 dias, grávidas em qualquer período gestacional e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto). De acordo com o Ministério da Saúde, a escolha se deu devido à vulnerabilidade desses grupos prioritários. Em 4 de maio haverá o “Dia D” da mobilização, um sábado em que alguns postos de saúde abrirão para ampliar o acesso aos usuários que desejam se vacinar.

De 22 de abril a 31 de maio todo o público-alvo poderá receber a dose contra a gripe. Estarão incluídos a partir de então também trabalhadores da saúde, índios, idosos com mais de 60 anos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades (hipertenso, diabético, portador de HIV) e outras indicações clínicas especiais, adolescentes de 12 a 21 anos que estejam cumprindo medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e presos.

A secretária municipal de Saúde, Lígia Regina de Campos Cordeiro, alerta para a importância da vacina. “Sabemos que neste período do ano, quando as temperaturas baixam, temos o registro de doenças como gripe, que para algumas pessoas pode levar até a morte. Por este motivo peço que a população que faz parte destes grupos prioritários procure nossas unidades de saúde para se vacinar, principalmente as gestantes, crianças até 6 anos e puérperas, que são os contemplados nesta primeira fase”, orientou a secretária.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here