Reforma da Escola Costa e Silva inicia nesta semana

0
158

Na manhã desta segunda-feira, 25, o prefeito Marcelo Roque, assinou a ordem de serviço para a reforma e recuperação estrutural da Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental Presidente Costa e Silva, localizada no bairro do Rocio. A empresa vencedora da licitação e que fará a obra é a Cubica Construções LTDA.

A reforma da escola Presidente Costa e Silva é um compromisso da atual gestão com a população e moradores dos bairros próximos. Todo o processo para a realização deste serviço foi feito dentro da legalidade e seguindo todos os trâmites necessários, conforme explica o prefeito Marcelo Roque. “O processo para as obras públicas não é feito de qualquer maneira. Existem leis rigorosas e que tornam demorada a realização da contratação de empresas, mas seguimos tudo de acordo com a lei para que os alunos possam voltar à escola”.

Quando a obra estiver concluída, a Secretaria Municipal de Educação e Ensino Integral (Semedi) informou que a escola também acomodará o Ensino de Jovens e Adultos (EJA).

“O trabalho e o esforço de toda a equipe da Semedi está rendendo frutos para a nossa cidade. Nossos alunos e profissionais merecem respeito, além de espaços de qualidade. Até 2020, queremos que as aulas possam retornar a esta histórica escola”, comentou a secretária de Educação, Vandecy Dutra.

A Escola Municipal Presidente Costa e Silva foi inaugurada em 03 de outubro de 1973, se tornando referência do ensino em Paranaguá formando diversos alunos.

O vereador Edu, líder do Governo na Câmara, enalteceu os profissionais que trabalham na escola e destacou o empenho da gestão do prefeito Marcelo Roque com a obra.

Desde 2008 a gestão da instituição é da diretora Lisneide Zattar Lopes, atualmente são 126 alunos da educação infantil, 102 estudantes do ensino fundamental e 20 funcionários que estão alocados na Escola Municipal Randolfo Arzua, na Vila Portuária.

O arquiteto da empresa Cúbica fala sobre a experiência da empresa. “Executamos obras públicas há pelo menos oito anos. O prazo para a reforma é de 10 meses, porém, isso pode ocorrer em menos tempo, como já aconteceu em outros municípios que trabalhamos” declarou Rogério Silvano André.

Sobre a reforma

Em 2017, a estrutura da Escola Costa e Silva apresentou infiltrações e sofreu alagamentos. O fato estava comprometendo a qualidade da educação, então a Semedi realocou os alunos para a Escola Randolfo Arzua.

Enquanto a Semedi trabalhava no processo de recuperação da escola, o prédio foi totalmente depredado, tendo sua fiação roubada, assim como portas e janelas.

Ainda em 2017, a Semedi contratou projetos de avaliação com o objetivo de verificar a situação estrutural do prédio e, em 2018, licitou uma empresa que para executar esses projetos.

Presenças

Estiveram presentes na solenidade de assinatura do contrato o vice-prefeito Arnaldo Maranhão, os vereadores Luizinho Maranhão, Fábio Santos e Tucano; o arquiteto representantes da empresa Cúbica, Rogério Silvano André; servidores da escola municipal Costa e Silva e a diretora da escola, Lisneide Zattar Lopes; secretários municipais e a população.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here