EM GUARATUBA, MÉDICO É PRESO APÓS TUMULTO EM HOSPITAL DO MUNICÍPIO

0
237

O Hospital Municipal de Guaratuba foi palco de uma confusão com o médico Dr. Rogério Augusto Perillo, de 37 anos. Ele alegava de atrasos no pagamento de seus honorários e se recusava a fazer alguns atendimentos.

A Polícia Militar foi chamada e ele disse que seria a única forma de receber os honorários, mas a diretora do hospital disse que ele estava só tumultuando e deveria reclamar com a empresa terceirizada da Prefeitura e não dentro do hospital.

Dr. Rogério disse que só saía do local algemado e por conta de toda a situação gerada ele foi preso pela PM e encaminhado para a Delegacia de Guaratuba.

NOTA OFICIAL
O Consórcio Intermunicipal de Saúde do Litoral do Paraná (Cislipa) esclarece que a empresa “Exalife Serviços Médicos” foi contratada para administrar os plantões médicos junto ao Hospital Municipal de Guaratuba, durante a Operação Verão 2018/2019. Os repasses dos plantões realizados ocorrem assim que há o protocolo da nota fiscal com a documentação que comprove que os plantões foram feitos.

Na tarde desta segunda-feira, 04, o médico Dr. Rogério Augusto Perillo foi levado à Delegacia da Policia Civil por negar prestar atendimento médico aos pacientes do Hospital Municipal de Guaratuba, o profissional justificou sua atitude por não ter recebido o seu pagamento. O contrato da empresa junto ao Cislipa é bem claro com relação aos repasses.

O trâmite de liquidação de nota fiscal exige que a empresa faça o protocolo da nota fiscal e apresente os documentos comprobatórios da realização dos plantões. A empresa protocolou a nota fiscal referente a janeiro de 2019 na data de 1º de março, sexta-feira, véspera de feriado. A cláusula quinta do contrato determina que o Cislipa tem até vinte dias para pagamento, após a apresentação da nota fiscal e dos documentos. Atualmente o consórcio tem feito o repasse em até 3 dias uteis após o protocolo, desde que os documentos estejam em conformidade.

No caso acima, o pagamento será realizado nesta semana, em virtude do feriado de carnaval e do expediente bancário. Atualmente são cinco empresas prestando serviços na Operação Verão 2018/2019 e nenhuma delas teve problemas no recebimento dos repasses.

O Cislipa efetua a gestão de política nacional do SAMU 192 em todo o Litoral do Paraná e informa que todos os repasses dos plantões feitos na Operação Verão estão em dia. O Consórcio Intermunicipal de Saúde já solicitou a reposição do profissional para atendimento no Hospital Municipal de Guaratuba, assim como todas as medidas legais cabíveis.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here