JUSTIÇA NEGA SOLTURA E RENAN PUTRIQUE SEGUE PRESO NA CADEIA DE PARANAGUÁ

0
1035

Na noite do último domingo (24), um gravíssimo acidente de trânsito entre carro e moto tirou a vida de duas pessoas, em Paranaguá. O fato ocorreu na Rua Manoel Corrêa, no bairro Palmital. O condutor do carro Fiat Punto, de cor branca, Renan Putrique Sales Domingos, de 24 anos, morador na Vila São Vicente, estava na contramão da via quando veio a colidir com uma motocicleta que estava com 3 pessoas, sendo um homem, uma mulher e uma criança.

O Delegado Adjunto e Operacional, Dr Nilson Diniz, atendeu a imprensa e falou sobre o caso, disse que estará assumindo após o relatório final da Operação Verão.

Dr Nilson Diniz informou que a Justiça negou a soltura de Renan Putrique Sales Domingos, de 24 anos, em razão da gravidade da conduta praticada por ele.

Renan Putrique preferiu permanecer em silêncio durante o interrogatório, ao ser perguntado se Renan havia ingerido bebida alcoólica antes de dirigir, atropelar e matar duas pessoas no trânsito.

Ele permanece preso na 1a. Subdivisão Policial de Paranaguá e se for condenado poderá pegar uma pena de cinco a oito anos de reclusão. Renan poderá ter ainda a suspensão de dirigir.

De acordo com o delegado e com as investigações que estão em andamento, Renan teria batido em outro veículo no Centro Histórico, próximo ao Mercado Municipal e o dono teria iniciado uma perseguição contra Renan. Foi aí que ele entrou na contramão e aconteceu o acidente que matou duas pessoas.

Este motorista que perseguiu Renan Putrique Sales Domingos, também poderá ser indiciado e responder criminalmente como causadores do evento morte das pessoas da motocicleta. O delegado diz que ainda é cedo para poder dizer algo concreto já que as investigações seguem na sua fase inicial.

Após juntar todas as informações e as investigações avançarem e for entendido que houve um homicídio culposo qualificado a pena é de cinco a oito anos, já se for por homicídio doloso a pena sobe e pode chegar a vinte anos de cadeia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here