Corpo encontrado em Morretes é de Andriely; mãe diz que perdoa policial preso

0
124

O corpo encontrado na Estrada da Graciosa, em Morretes, na sexta-feira (8) é de Andriely Gonçalves da Silva, de 22 anos. A informação foi confirmada no início da tarde desta segunda-feira pela Polícia Cientifica do Paraná. O reconhecimento foi feito pela arcada dentária. O laudo será concluído e encaminhado para o delegado da Polícia Civil que preside o inquérito.

Pela manhã, a mãe de Andriely, Cleusa Tavares esteve no Instituto Médico Legal de Curitiba (IML), onde afirmou que perdoa o soldado Diogo Coelho Costa, da Polícia Militar (PM), que está preso como o suspeito de ter cometido o crime. “Eu perdoei ele, mas a Justiça precisa ser feita. Eu quero a Justiça divina e também a dos homens. Ele tem que responder pelo crime que cometeu. Preciso de força para que isso aconteça”, descreveu à Banda B.

Segundo a mãe, não resta dúvida de que Diogo, ex-marido de Andriely, é o assassino. “Ele me disse que era na Estrada da Graciosa que estava minha filha e falou que não a veria mais com o sorriso lindo que tinha. Agora, eu tenho certeza que o Diogo é o assassino da minha filha. Espero que ninguém sofra como eu sofri.Quem estiver passando por isso, tenha fé em Deus”, concluiu.

Suspeito

O soldado Diogo está preso desde o dia 19 de abril, depois que imagens de câmeras de segurança mostraram o momento em que o policial saiu de casa com a jovem na madrugada em que aconteceu o desaparecimento.

Na última semana, a mãe de Andriely fez o exame de DNA que vai analisar a mancha de sangue encontrada no veículo de Diogo. A prisão temporária vence no próximo dia 19. A partir das investigações, a Polícia Civil pode pedir à Justiça a prorrogação do prazo ou a conversão para prisão preventiva.

A Delegacia do Alto Maracanã segue investigando o caso.

 

FONTE : BANDA B

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here