25720

Farmácia da Vila Garcia volta a atender população da região

A farmácia da unidade básica de saúde da Vila Garcia voltou a atender a população da região. A reinauguração aconteceu durante o horário de almoço desta segunda-feira (10). Participaram da rápida cerimônia, o prefeito Marcelo Roque, o secretário municipal de Saúde e Prevenção, Paulo Henrique de Oliveira, e o vereador Alex Alves.

O espaço deixou de funcionar em fevereiro deste ano, quando a Secretaria Municipal de Saúde e Prevenção (Semsap) teve a necessidade de interromper o atendimento em algumas unidades por falta de profissionais. No ano passado o Conselho Regional de Farmácia (CRF) fiscalizou o serviço realizado pela Prefeitura de Paranaguá e fixou multa caso não houvesse profissional para atender enquanto os estabelecimentos estiverem abertos.

Houve então a necessidade de fazer readequação do serviço e a população passou a ser atendida em apenas seis postos de saúde: Alexandra (Posto de Saúde Elias Borges Neto), Ilha dos Valadares (Rodrigo Gomes), Serraria do Rocha (Domingos Lopes do Rosário), além da sede da Semsap (prédio da antiga maternidade na avenida Gabriel de Lara), unidade “Balduína Andrade Lobo” (Dona Baduca) e no Centro Municipal de Especialidades (Hospital João Paulo II).

“Felizmente estamos conseguindo retomar esse serviço na unidade da Vila Garcia, que acaba atendendo moradores do Jardim Esperança, Vale do Sol, Jardim Paraná, Jardim Paranaguá, Jardim Ouro Fino e até do Porto Seguro. Sabemos da importância para o cidadão de poder retirar o medicamento assim que sair da consulta. Herdamos um índice elevado de gasto com folha de pagamento e estamos equacionando essa questão para podermos contratar mais profissionais e assim suprir a necessidade”, destacou o prefeito Marcelo Roque.

O secretário municipal de Saúde e Prevenção, Paulo Henrique de Oliveira, lembrou que ao assumir no início do ano não havia número suficiente de servidores farmacêuticos no quadro funcional da Prefeitura de Paranaguá para atender a exigência do Conselho e que providências como remanejamento e contratação estão sendo tomadas. “Nossa população merece receber esse atendimento farmacêutico, pois ele dá a total segurança na hora da dispensação dos medicamentos”, salientou o secretário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *