10414387_745122952251203_6139925866889619053_n

HOMEM QUE DESAPARECEU DURANTE A TEMPESTADE DE QUINTA-FEIRA É ENCONTRADO MORTO EM ANTONINA

Um  homem  foi  encontrado  morto  na  manhã  deste  sábado  (28/02) a  beira mar   na  cidade  de  Antonina . A  vitima estava  desaparecida  desde a   tarde da ultima  quinta-feira , quando  saiu  para  pescar  e não  deu  mais  noticias .  .

Tudo  indica  que  o  pescador  tenha  sido  arrastado  pela  forte  tempestade que  atingiu  o  litoral  naquele  dia . A  vitima  identificada  como  Fernando  José  Alves  Carvalho , foi  encontrado  com  sinais  de  afogamento  ,  trajando  uma  calça  verde e  uma  camiseta  azul . O  corpo  foi  encaminhado  para  o  Instituto  Médico  Legal  de  Paranaguá .

Segundo  informou  amigos  da  vitima  ,  ao  site  Miro  Ferraz ,  o  corpo de  Fernando  será  velado  nas  próximas  horas  na  igreja  Assembléia  de  Deus  do  Bairro  Batel  ,  na  cidade  de   Antonina .

3.2- balsa

Vereador Maranhão comemora vitória garantida para portadores de necessidades especiais de Paranaguá

Isenção do pagamento da tarifa da balsa é garantida para pessoas portadoras de deficiência física, mental, visual, auditiva e condutas típicas e seus acompanhantes pela lei do vereador Maranhão. Credenciamento deverá ser feito na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos

Em Paranaguá, existe a lei 488/14 que isenta do pagamento da tarifa da balsa todas aquelas pessoas portadoras de deficiência física, mental, visual, auditiva e condutas típicas e seus acompanhantes. Esta iniciativa é do vereador Maranhão e agora, os beneficiários podem começar a fazer o cadastro.

Para obtenção da isenção é necessário ter uma credencial que deverá ser retirada na Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsu) da Prefeitura de Paranaguá. Qualquer morador de Paranaguá nas condições abaixo poderá requerer a credencial.

O beneficiário deve preencher o cadastro onde serão requeridas informações como, além do nome, o CPF, RG, CNH, documentos do veículo e comprovante de residência. Com relação ao portador de necessidade especial, deverão ser apresentados os documentos pessoais, documento que define o tipo de deficiência e grau de comprometimento e se haverá necessidade de acompanhante.

Com o cadastro feito, o condutor recebe a credencial, assim como o veículo. O embarque e desembarque serão feitos mediante a apresentação da credencial de isenção fornecida pela Secretaria Municipal de Serviços Urbanos como determina a lei.

“A lei é clara e define, inclusive, os tipos de deficiência para que possa ser seguida pelos funcionários da Secretaria responsável”, destacou o vereador Maranhão. “Fico satisfeito que a inscrição cadastral possa ser feita para que estas famílias possam ser beneficiadas”, reforçou.

Mas é importante lembrar que a lei também é clara para quem fizer uso indevido da credencial. É proibido “emprestar” para outra pessoa. Caso uma situação como essa seja comprovada, o beneficiário perde a credencial em definitivo.

Para emissão da 2a via da credencial, deverá ser apresentado o Boletim de Ocorrência, na Semsu, no caso de roubo, perda ou extravio.

Vitória

A lei do vereador Maranhão é mais uma vitória que muitas famílias de toda Paranaguá começam a comemorar.
O projeto beneficia diretamente, mais de 25 famílias que moram na Ilha dos Valadares e têm filhos estudando na Escola Especial Maria Nelly Picanço da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae).

O número de famílias beneficiadas é maior ainda, pois muitas crianças, adolescentes e jovens nas escolas municipais, estaduais e particulares, além de adultos que também são portadores de necessidades especiais e serão beneficiados com a nova lei.
Para Rosalba Maria da Silva Rodrigues, que mora há 49 anos na Ilha dos Valadares, a notícia é uma grande conquista. Ela é mãe da Gabriele, de 9 anos, que tem Síndrome de Down e estuda na Apae.
“Minha filha vai no veículo da Apae, mas se tiver isenção, podemos dar lugar para outra criança”, diz ela. Além disso, Rosalba vai economizar com o pagamento que faz da balsa quando precisa levar Gabriele para fazer fonoaudiologia e para outros atendimentos como consultas médicas ou odontológicas.

Fonte : Da  Assessoria

whatsapp1

Desembargador derruba decisão de juiz que queria suspender WhatsApp no país

Do Portal Uol 

 

O desembargador Raimundo Nonato Alencar, do Tribunal de Justiça do Piauí, derrubou a decisão do juiz Luiz de Moura Correia, da Central de Inquéritos da Comarca de Teresina, que pedia a suspensão do aplicativo WhatsApp no Brasil por não colaborar com as leis brasileiras.

De acordo com o desembargador, o ato punitivo aplicado pelo juiz não é razoável. “A suspensão de serviços afeta milhões de pessoas em prol de investigação local”, justificou Alencar na sentença, publicada nesta quinta-feira (26), um dia após o polêmico pedido de suspensão ter vazado na internet.

Correia encaminhou um mandado aos provedores de infraestrutura (backbones, ou seja, os serviços que conectam o Brasil à internet) e aos provedores de conexão (operadoras de telefonia móvel, entre outras), para que suspendessem temporariamente o aplicativo de mensagem instantânea, até que a empresa cumprisse determinações judiciais de 2013. A suspensão atingiria os domínios whatsapp.net e whatsapp.com.

Para ler a reportagem completa, clique aqui.

whatsapp1

Juiz que pediu suspensão do WhatsApp diz que empresa é arrogante

Do Olhar Digital

O juiz que pediu a suspensão do WhatsApp em todo o país se pronunciou sobre a questão, explicando o que o fez chegar a essa medida drástica e adiantando que o serviço só não foi interrompido ainda porque o judiciário do Piauí está em greve.

whatsapp

(Foto: Divulgação)

Em nota, o juiz Luiz de Moura Correia, da Central de Inquérito da comarca de Teresina, contou que o WhatsApp ignorou uma série de solicitações da Justiça brasileira envolvendo crimes “gravíssimos” relacionados a crianças e adolescentes.

“A postura da empresa, sob alegação de não ter escritório neste País, se mantém inerte às solicitações da Justiça brasileira, desrespeitando decisões judiciais a bel-prazer, tornando-se verdadeira ‘terra de ninguém’, atentando contra a soberania deste Estado”, comenta o magistrado na nota repercutida pelo CidadeVerde.

Para ler a reportagem completa, clique aqui.

download

PRESO É MORTO NO PRESÍDIO DE PARANAGUÁ

Foi  confirmado  na  manhã  desta  quinta (26)  a  morte  de  um  preso  da  delegacia  de  Paranaguá .Segundo  apurado  a  vitima  teria  morrido  estrangulado , espancado  e  pendurado  no  banheiro .A  Policia  Civil  vai  investigar  os  motivos  do  crime .

O  preso  foi  identificado  como  Carlos  Eduardo  de  Souza de  36  anos  de  idade . O  corpo  foi  encaminhado  ao  I M L

Sem título

img_38201a4a1e568ef1bc4d969fac24707e-660x372

SISMMAP PEDE UNIDADE CONTRA “TERRORISMO”

  • Em nota nas redes sociais, o Comando de Greve do Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal – Sismmap, informa que “não será com assédio, mentiras ou ameaças que irão nos intimidar”, e orienta aos professores da rede municipal de ensino que “procurem documentar os abusos”, “obter testemunhas” e “gravar entrevistas”.

    A diretoria da entidade também reafirmou que “o Município não tem o direito de exonerar servidor no legítimo direito de greve” e que “as faltas serão repostas e eventuais descontos em folha, ressarcidos aos profissionais grevistas”.

    A orientação é para que tais situações sejam levadas ao departamento jurídico do sindicato que no início da semana anunciou decisão pela greve dos professores municipais com início na manhã desta sexta-feira (17).

    Para esta quinta-feira, (26/02), está programada concentração e manifesto em frente à sede da prefeitura das 16h às 18h, de onde seguirão em passeata para participarem da sessão da Câmara Municipal.

    Fonte: Departamento de Jornalismo da Rádio Terra Nativa AM 1570

10168141_432046490304189_8390217744263839943_n

Protestos em rodovias já afetam carga e descarga no Porto de Paranaguá

Os protestos dos caminhoneiros no Paraná já atingem os setores de carga e descarga no Porto de Paranaguá. Ontem, de acordo com a administração, dos 900 caminhões que deveriam descarregar no pátio, apenas 45 tinham chegado. Caso o protesto de caminhoneiros se estenda por mais tempo, há risco de atrasos nos carregamentos dos navios atracados no porto e também das embarcações que aguardam no mar, ainda segundo a APPA.

Fonte : Rádio  Ilha do  Mel FM

img_38201a4a1e568ef1bc4d969fac24707e

Professores ocupam sessão da Câmara após protesto em frente à Prefeitura de Paranaguá

Várias atividades e manifestações marcam a semana que antecede a greve dos professores da rede municipal. Educadores deixaram o prédio próximo da 1h da madrugada desta quarta.

Cerca de 400 professores ocuparam a Sessão da Câmara Municipal de Paranaguá na noite desta terça-feira (24), após protesto que aconteceu em frente à Prefeitura da cidade. Os educadores acompanharam o discurso da representante do Sindicado dos Servidores do Magistério Municipal de Paranaguá (SISMMAP) que oficializou a greve que terá inicio na próxima sexta-feira (27). Já era próximo da 1h de quarta-feira (25), quando os professores deixaram o prédio do Legislativo.

De acordo com a presidente da SISMMAP, Andréa Elias Paula, após insucessos das negociações e tratativas com o Poder Executivo, a greve foi deflagrada por decisão unanime. Os professores exigem melhores condições de trabalho e a correção salarial dos profissionais, como a aplicação do reajuste do piso nacional em toda a tabela salarial, e não apenas para quem recebe abaixo do mínimo legal.

Os professores pedem o cumprimento da lei há mais de dois anos e a classe cansou de promessas. Temos o exemplo de uma professora com 32 anos de carreira que ganha apenas 300 reais a mais que sua filha, que exerce a função há apenas um ano na prefeitura”, ressaltou. “O prefeito alega não ter recursos para pagar a categoria, mas desde abril de 2014 não cumpre com a palavra emprenhada com o sindicato, em comprovar os gastos com folha de pagamento e cargos comissionados”, disse.

Enquanto a prefeitura alega poder pagar somente 4,64% de reajuste, o índice oficial em vigor desde janeiro deste ano é de 13,01%, o que acentua ainda mais as perdas salariais ao longo dos anos. Em nota, o sindicato declara que “a falta de transparência nas contas públicas e o aparente mau uso das verbas orçamentárias reforçam o sentimento de que falta efetivamente vontade política de cumprir a legislação e as orientações do Tribunal de Contas, especialmente quanto ao reajustamento dos salários”.

CRONOGRAMA DA GREVE

Na última segunda- feira (23), o sindicato iniciou a conscientização de toda a comunidade, visando esclarecer os motivos que levaram à paralisação e obter o apoio principalmente dos pais e alunos dos estabelecimentos de ensino. O departamento jurídico e representantes do Sismmap protocolaram, junto à prefeitura, órgãos oficias, meios de comunicação e outras entidades o ofício informando a decisão pela greve.

Nesta terça, os profissionais entregaram panfletos informativos aos pais e alunos sobre os motivos das greves. Em seguida, os manifestantes se concentraram em frente ao Palácio São José. Com faixas, apitos e gritos de ordem distribuíram mais panfletos à população. Logo depois, os professores fizeram uma passeata até o Palácio Carijó, onde ocuparam todos os espaços da sala.

Os manifestaram acompanharam ainda a votação do requerimento sobre a reposição salarial para todos os servidores (4,64%) proposta aos servidores e outras matérias de interesse público”.

Nesta quarta e quinta-feira (25 e 26), durante o dia, os professores farão a conscientização da importância da greve aos colegas que não compareceram na assembleia e junto aos pais de alunos; entrega de “Carta Aberta” aos pais. Já na sexta (27), às 8h, na Praça dos Leões, inicia a greve.

CARTA ABERTA

O Sindicato dos Servidores do Magistério Municipal de Paranaguá – SISMMAP, em razão do insucesso das negociações e tratativas com a Prefeitura Municipal, informa que a assembleia geral realizada nesta sexta-feira (20/02), decidiu por UNANIMIDADE dos membros presentes, deflagrar GREVE dos professores, educadores e pedagogos da rede municipal de ensino, pleiteando:

– melhores condições estruturais e materiais de trabalho nas escolas, bem como de treinamento, capacitação e atualização profissional;
– abertura e transparência dos dados relativos à folha de pagamento do Município, inclusive quanto a cargos em comissão;
– participação efetiva da categoria na formulação do novo plano de carreira, com a aceitação da indicação de representantes deste Sindicato e de grupos de trabalho na área da Educação;
– pagamento dos índices (atualizações) do piso nacional do magistério em toda a tabela salarial, para todos os profissionais;
– fim do pagamento das atualizações do piso nacional como “complemento”, e sim, no salário-base dos profissionais;
– pagamento das parcelas e diferenças retroativas de elevações e do piso nacional, em uma única parcela;
– não-supressão de direitos e garantias legais, como os adicionais de regência e outros proventos;
– abono de faltas de servidores participantes dos manifestos e da greve ora deflagrada, de modo a não lhes prejudicar as avaliações profissionais, elevações, licenças-prêmios e outros benefícios legais. #NENHUMDIREITOAMENOS

Além da adesão de toda a classe, pedimos a compreensão e o apoio da comunidade, especialmente por parte de pais e dos alunos, uma vez que a luta é pelo ensino público de qualidade, que jamais irá existir sem a devida valorização profissional. Há colegas que recebem abaixo do mínimo estabelecido em lei, sem falar nas diferenças salariais que há anos não são pagas.

Desde gestões anteriores temos buscado o diálogo e o empenho da Administração Municipal, para fazer valer os direitos legais da categoria, mas a falta de transparência nas contas públicas e o aparente mau uso das verbas orçamentárias reforçam o sentimento de que falta efetivamente vontade política de cumprir a legislação e as orientações do Tribunal de Contas, especialmente quanto ao reajustamento dos salários.

Paranaguá, 21 de fevereiro de 2015
A Diretoria

Fonte: Jornal dos Bairros
11021080_593293487473667_3858422369303047733_n

POLÍCIA MILITAR CUMPRE MANDADO DE PRISÃO EM ANTONINA

Por volta das 10h do dia 23 de fevereiro de 2015, Policiais Militares da 3ª Companhia Policial Militar do 9º BPM deslocaram até à estrada do lixão em Antonina, e deram fiel cumprimento a mandado de prisão expedido pela Vara Privativa do 1º Tribunal do Júri de Curitiba contra Edenilson Alves dos Santos, 27 anos, por homicídio qualificado.

Edenilson foi conduzido à carceragem da 7ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Antonina onde está à disposição da Justiça.

Fonte : Ass de  Imprensa  da  3  Compnhia  da  Policia  Militar

Sem título

ROTAM PRENDE CASAL ACUSADO DE TRÁFICO EM PARANAGUÁ

Um  casal  foi  preso  por  volta  das  19:30h desta  segunda (23)  acusado  de  traficar  drogas ,   na  Rua  Balduino  Andrade  Lobo  no  bairro  Santa  Cecília  na  cidade  de  Paranaguá .

Os  acusados  tentaram  fugir  quando  avistaram  os  policiais  ,  mas  foram  presos no  quintal  da  casa . Os  acusados  foram identificados  sendo  Rodinei  dos  Santos  de  30  anos  e  Julie  Ane  da Silva  de  23  anos . Ao  consultar  o  sistema  os  policiais  descobriram  que  já  havia  um  mandado  de  prisão  em  aberto  contra Rodinei . A  PM  ainda  aprendeu  304  gramas de  maconha e 49  gramas  de  crack  encontrados  no  interior  da  residência .

Os  acusados  foram  encaminhados  pela  ROTAM  para  a  1  Subdivisão  Policial  de  Paranaguá .

De cabeça na notícia.